Curta Irradiando Luz no Facebook  Siga Irradiando Luz no Twitter  Acesse o canal do Irradiando Luz no YouTube  Assine o Feed RSS do Irradiando Luz

Loucura, Ilusão e Realidade

Leva menos de 2 minutos pra ler

Às vezes eu acho que sou louco… Sinto uma loucura dentro de mim, e vejo como é difícil distinguir a minha loucura interna, individual, da realidade coletiva… Algumas vezes eu acredito piamente que a minha realidade louca é a realidade comum… E me surpreendo ao conversar com outras pessoas e descobrir que a viagem estava toda dentro da minha cabeça… Quando volto à consciência, percebo que era tudo viagem minha, e eu fiquei viajando no meu louco mundo sozinho…
Porque na verdade a vida é muito linda, muito linda mesmo… maravilhosa… e deve ser enxergada, entendida e vivenciada com entusiasmo (en=dentro; teo=Deus; hemo=sangue; Deus correndo em minhas veias)… a alegria de viver, de encontrar pessoas, lugares, a natureza… tudo é muito lindo… basta abrir os olhos e ver a Realidade… que não passa de uma ilusão, um véu (Maya), mas que nem por isso deixa de ser incrível e surpreeendente!
Segue uma passagem do livro As Máscaras de Deus – vol2 – Mitologia Oriental, do mitólogo Joseph Campbell, sobre a vida de Gautama Shakyamuni, Buda, após ele ter atingido a Iluminação e rompido o véu ilusório de Maya:
“Em resumo: o Buda, havendo dissolvido o senso de ‘eu’, orientou sua consciência para além da motivação da criação – o que, entretanto, não significou que ele tivesse deixado de viver. De fato, ele permaneceria por mais meio século no mundo do tempo e do espaço, participando – oh ironia! – da vacuidade dessa multiplicidade, percebendo a dualidade, mas sabendo que ela é ilusória, ensinando compassivamente o que não pode ser ensinado a outros que, na verdade, não eram outros. Pois não há nenhuma forma de comunicar uma experiência – ou, pelo menos, algo que se aproxime dela, à qual se possa fazer referência por analogias. Além do mais, onde não há ego, não há ‘outro’ a ser temido, desejado ou ensinado.
(…)
Vimos que quando Buda extinguiu em si o ego, o mundo floresceu. É esse, exatamente, o modo como o mundo se apresenta àqueles para quem o espanto – e não a salvação – é religião.”

Vamos viver com Espanto, arrebatados pela magnitude e beleza da Vida… mesmo sabendo que tudo não passa de ilusão, seja esta ilusão individual e particular, seja ela coletiva e comum a todos os seres…

Agora segue uma letra de música, de minha autoria, para a banda Novo Quilombo:

Noite e Dia (Novo Quilombo)

Mais uma noite que sigo sozinho
E me pergunto: qual o caminho do meu coração?
Foi um amor verdadeiro
Alimentado por uma ilusão do Ego
Foi um amor tão profundo
Retribuído com a traição

Mais uma noite que sigo sozinho
E me pergunto se existe um caminho pro amor

Mas o dia chega e eu acordo sorrindo
Sigo com Deus por isso nunca estou sozinho
O Amor é verdadeiro
E o Ego é uma Ilusão
O Amor é bem profundo
Muitas mentes, um só coração

Basta agir com consciência
Na Positiva Vibração

Para toda ação, há uma re-ação
Pra colher Amor, plante o perdão
É a hora de amar
Chega de contradição
Vamos nos respeitar
Somos todos Um, irmão
E agora: Eu sou Amor

Todo Santo Dia, um só Amor
Todo Santo Dia, um só Coração
Todo Santo Dia, um só Destino
Todo Santo Dia

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta


Assinar por email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações na sua caixa de entrada.





Email:

Curso online

Curso Online Gestão de Ecovilas Gabriel

Participe do curso 100% online

Gestão de Ecovilas

Conheça desafios e habilidades para a viver em comunidades intencionais e cohousing

Recentes

Gestão Colaborativa Ecovilas Hangout
Como viver numa comunidade alternativa Hangout
Como fazer Transição morar em uma ecovila
Como voluntariar em ecovilas
Como encontrar uma ecovila
Por que morar numa ecovila
Let's include Conflicts in our plans! | Gabriel Siqueira | TEDxGeneva
Gabriel dread Siqueira Exodo Urbano Festival Path
Workshop Tecnologia e Cidadania
Aprendendo a Cooperar Ecovilas FICOO 2017
Pedra do Sabiá Bahia
Ecovila Digital Campus Party
Bob Marley sorrindo, feliz, e apontando para a câmera, quebrando a quarta parede.
Categorias

Arquivo do Blog