Curta Irradiando Luz no Facebook  Siga Irradiando Luz no Twitter  Acesse o canal do Irradiando Luz no YouTube  Assine o Feed RSS do Irradiando Luz

Como morar numa ecovila? [Hangout]

Leva menos de 1 minutos pra ler

Como atrair pessoas para a comunidade que quero organizar? será que postagens nas redes sociais ajudam ou é preciso ter um contato mais pessoal com os interessados? Quais os “atrativos necessários” para as pessoas morarem em ecovilas?

Nesse hangout, Gabriel ‘Dread’ Siqueira falou sobre “Como morar numa ecovila?”. Ele deu dicas de como fazer uma transição de vida e quais os caminhos para viabilizar a vida em uma comunidade alternativa.

Gabriel também respondeu dúvidas e comentários sobre a série de 4 vídeos que lançamos essa semana com dicas de como fazer a transição e viver em uma comunidade alternativa.

Mini Curso – Série de 4 vídeos – Como morar numa ecovila ou comunidade alternativa

 

Mencionado no vídeo:

 

RECEBA ATUALIZAÇÕES DO PORTAL IRRADIANDO LUZ

Email:

ARTE DE CAPA
Renata Gomez

ASSINE O CANAL DO IRRADIANDO LUZ NO YOUTUBE
http://www.youtube.com/IrradiandoLuz

Como viver numa comunidade alternativa Hangout

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma resposta para “Como morar numa ecovila? [Hangout]”


  • Beto Vasconcelos / Responder

    Primeiramente gostaria de agradecer pela atenção e carinho com que respondeu aos meus questionamentos. Acompanho os vídeos desde o primeiro e tem me ajudado bastante. E se eu os tivesse assistido há dois anos, teriam me ajudado bastante na transição, pois, no meu caso, esta transformação não foi um processo lento, mas um verdadeiro mergulho. Enfim, gostei muito da sua abordagem e me fez entender melhor o ponto de vista de quem procura morar em uma comunidade intencional. Agora pretendo escrever um projeto explicando os objetivos e tudo mais, especialmente quando a propriedade ser minha. Na verdade eu não tenho tanta ganância material, tive diversas chances de crescer financeiramente, mas sempre as recusei, pois sempre sonhei em um sistema de vida mais justo e afastado desse capitalismo louco. Sinto-me mais um guardião do que um proprietário. Inclusive já doei um pequeno pedaço de terra para duas famílias carentes. E só não faço essa doação por que receio que o grupo/coletivo se desfaça. A “cola” aqui é justamente essa transição para um novo modelo de vida, tendo por base a agrofloresta, a permacultura, a educação infantil (crescendo livre, já que aqui ainda é possível), a economia solidária (além da experimentação de outros modelos economicos, como a baseada em recursos) e o aperfeiçoamento e criação de tecnologias para a convivência com as condições climáticas do semiárido para ajudar o povo. Com suas respostas e reflexões, entendi a necessidade de ser mais específico, pois muitas vezes, na prática do dia a dia e na empolgação, a gente acaba esquecendo de ser mais claro e objetivo. Um grande abraço! E espero um dia fazer parte do seu mapeamento e, quem sabe, receber sua visita.


Deixe uma resposta


Assinar por email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações na sua caixa de entrada.





Email:

Curso online

Curso Online Gestão de Ecovilas Gabriel

Participe do curso 100% online

Gestão de Ecovilas

Conheça desafios e habilidades para a viver em comunidades intencionais e cohousing

Recentes

Gestão Colaborativa Ecovilas Hangout
Como viver numa comunidade alternativa Hangout
Como fazer Transição morar em uma ecovila
Como voluntariar em ecovilas
Como encontrar uma ecovila
Por que morar numa ecovila
Let's include Conflicts in our plans! | Gabriel Siqueira | TEDxGeneva
Gabriel dread Siqueira Exodo Urbano Festival Path
Workshop Tecnologia e Cidadania
Aprendendo a Cooperar Ecovilas FICOO 2017
Pedra do Sabiá Bahia
Ecovila Digital Campus Party
Bob Marley sorrindo, feliz, e apontando para a câmera, quebrando a quarta parede.
Categorias

Arquivo do Blog