Curta Irradiando Luz no Facebook  Siga Irradiando Luz no Twitter  Acesse o canal do Irradiando Luz no YouTube  Assine o Feed RSS do Irradiando Luz

Sustentabilidade

 
Pobreza e extrema miséria

Este modo de vida é insustentável! (Imagem: Digital Photography School)  Você já reparou na situação em que o mundo se encontra?O lixo, o crime, a pobreza, a fome, questões ambientais como o aumento do efeito estufa são problemas que aparecem todos os dias nas notícias, situações comuns do nosso planeta. Mas será que você tem alguma coisa a ver com isso? IMG_2740 Cientistas descobriram que as ações humanas influenciam eventos climáticos intensos, como as chuvas que devastaram o estado de Santa Catarina em novembro de 2008.Está cada vez mais claro que o nosso modo de vida é insustentável.Uma mudança urgente é necessária!E ela começa com você…Seja a mudança que você quer ver. 

Estragos causados pela chuva em Florianópolis, SC.
(Imagem: Gabriel Dread)

Desenvolvimento Sustentável

A Agenda 21 define desenvolvimento sustentável como “aquele que satisfaz as necessidades do presente com eqüidade, sem comprometer a capacidade das gerações futuras para satisfazer as suas”.O conceito de desenvolvimento, no entanto, está diretamente ligado ao crescimento econômico. Desenvolvimento é confundido com produção, pois mais produção significa geração de emprego. Essa pode ser uma visão insustentável por três motivos:· Recursos disponíveis: é impossível que toda a humanidade possa desfrutar de um padrão de vida que é hoje comum para muitas famílias de classe média e alta: uma casa com ar condicionado, televisor, freezer, geladeira, forno microondas e chuveiro elétrico. O planeta simplesmente não suporta.· Resíduos gerados: fumaça, lixo, poluição das águas, dejetos. Se todos tivessem o padrão de vida que foi descrito anteriormente, a Terra ficaria inabitável por conta destes resíduos.· Foco no ser humano: quando se pensa em gerações futuras e necessidades presentes, este é um conceito que coloca o homem no centro da questão (atropocentrismo). Assim, mais atual do que “desenvolvimento sustentável” é o conceito de sustentabilidade.

Sustentabilidade

“Se não é divertido, não é sustentável”

A sustentabilidade é o desafio de viver de maneira harmoniosa em um grande grupo. Este grupo pode ser tanto a família quanto a comunidade, a sociedade e o Planeta Terra como um todo. Significa buscar o equilíbrio e a integração total.Alguns princípios da sustentabilidade são:Visão holística: visão holística é enxergar o Todo, todas as conexões entre as pessoas, os animais, as plantas, o clima local, etc. É a visão planetária. É o fim da separação entre o urbano e o rural, pois só existe um Planeta Terra.GLOCAL – Pense GLObalmente, atue loCALmente: Pensar globalmente significa planejar suas ações, procurando prever os impactos (conseqüências) destas ações na Terra e na sua bio-região (Américas, América do Sul, Brasil, Santa Catarina, etc.). Agir localmente significa valorizar o potencial local. Significa conhecer o seu bairro, a sua escola, seus vizinhos, os comerciantes e vendedores da sua região, conhecer até mesmo os produtos feitos na própria cidade, conhecer o seu espaço e a natureza nele inserida, e valorizar o potencial natural e humano do lugar.Aqui e Agora: Não há tempo para ir contra, se revoltar ou resistir às mudanças, mas somente para ir a favor, criar algo novo, transformar, participar das mudanças.Consciência da interdependência entre todos os seres: deve-se levar em consideração também os outros agentes envolvidos, todas as maravilhas que a natureza nos oferece: as plantas, os animais e a Terra, dos quais dependemos. A Sustentabilidade deve ser bio-cêntrica, ou seja, colocar a vida (bio=vida), da qual o homem faz parte, no centro da questão.Teoria Gaia: uma teoria científica que resume bem a visão de sustentabilidade. A Teoria ou hipótese Gaia pressupõe que o planeta não seria apenas um meio ambiente para a vida, mas também uma parte da própria vida. Assim, admite que a Terra seria uma “entidade que possui vida própria”, da qual cada ser vivo faz parte e depende para continuar vivendo. Cada ser vivo funcionaria como uma célula, e todas as células juntas formariam um ser, a Terra. Gaia é a divindade da Mitologia Grega associada ao Planeta Terra. Todos os seres vivos estão interligados, conforme observou Charles Darwin em sua viagem à América. “Não existe “nós” ou “eles”, mas nós estamos neles e eles em nós.”

Sustentabilidade é prevenção

Você consegue dizer qual o principal problema que enfrentamos nos dias de hoje? Nesse contexto caótico em que vivemos atualmente, existem muitas questões urgentes, como a extrema pobreza, a fome, altos índices de mortalidade infantil, que precisam ser resolvidas o quanto antes. Essas questões são, na verdade, conseqüências do nosso modo de vida insustentável.A existência de bolsões de pobreza significa que há áreas no mundo onde muitas pessoas estão sem acesso a alimento, moradia, trabalho e educação. Atacar as conseqüências, distribuindo alimentos e remédios, é apenas uma solução emergencial, não é sustentável, mas é caminho para a Sustentabilidade.A sustentabilidade é alcançada de fato quando são solucionadas as causas do problema, não quando seus efeitos são atenuados. Isso significa, por exemplo, que além de distribuir comida, é preciso oferecer educação e projetos de geração de renda para as comunidades carentes, e a partir delas mesmas.Sustentabilidade é a busca por uma solução durável, que gera efeitos positivos e prevê os efeitos negativos. Há dois tipos de soluções em vista: a primeira, emergencial, seria caridade e assistencialismo. A segunda solução, mais próxima da sustentabilidade, é geração de renda e desenvolvimento comunitário para erradicar a pobreza. Postagem publicada originalmente em 15 de outubro de 2008.

8 respostas para “Sustentabilidade”

  1. Pedro disse:

    Faltou a parte que fala do fim da propriedade privada.

  2. Gabriel Dread disse:

    @Pedro: quando foi que isso aconteceu mesmo??
    rsrsrsrssr
    Calma lá meu irmão, não estou querendo chocar ninguém… pelo menos por enquanto…
    Porque você não escreve sobre isso no Dez Mil Platôs?

  3. Olá Gabriel,
    Todos os temas que vc colocar aqui , pequenas ações e atitudes no cotidiano do rei Juan da Espanha, do príncipe Charles, do João, do Yuri, da Maria, de qualquer ser deste planeta serão iguais, dependerá apenas do peso em ouro que vale. Se alguém me disser que os valões-negros que os mais pobres fazem aqui neste Brasil e o alto poder de destruição das grandes potências, aí eu te direi que estes, os mais ricos, são muito piores. Nada se compara ao poder da destruição proposital.
    Tudo tem um peso sim, e este peso começa a ser pior quando encontra a justificativa de que : EU, sozinho, nada sou! fazer o quê? pelo menos , como dizem, não atrapalhar o curso natural da natureza, já está de bom tamanho, estão coniventes. Ninguém é mais inocente… Claro que quem sofre, quem não tem vez e voz, menos será culpado.
    Acredito, amigo, no poder também da união de forças positivas, de que quem tem voz que a faça ecoar, que quem já tenha conhecimento não erre, e ajude aos demais…acredito no ser humano. No poder regenerador , sim acredito, pois esta Terra está sendo destruída há muitos séculos, milênios… e sempre abre-se uma brecha de salvação. Creio que há um equilíbrio no Universo…
    mas, minha crença não vale mais que a morte de um animal indefeso, de árvores derrubadas por pastos ou de uma criança com fome.
    Amigo, obrigada pela generosa visita.
    Beijos!

  4. Meri Pellens disse:

    Olá, Gabriel.

    Venho agradecer por seguir meu blog, aproveito para conhecer seu espaço o qual tbm já estou acompanhando.

    Qto ao tema do post, é algo que sempre mexeu comigo e me deixa indignada a ignorância de muitas pessoas, que egoísticamente cooperam na geração de tantos males no meio ambiente. Se cada um, grandes e pequenos, fizer a sua parte, com certeza a situação irá melhorar, e muito.

    Bjo na alma…

  5. António Rosa disse:

    Gabriel

    fez muito bem em reactivar este post. bem precisamos tomar consciência constante deste assunto. temos tudo isso em casa e esquecemos o resto. muito obrigado. abraço.

  6. João Pinto Costa disse:

    E por mais que se fale isto não muda…isso é que é preocupante…

    Visita-me em http://maildeumlouco.blogspot.com/

  7. Gabriel Dread disse:

    @Maria Izabel: estamos juntos, minha I-rmã, nesta comUNIDADE cósmica pela cura do planeta. Não há culpa, nem des-culpas… apenas soluções e atitudes positivas contam neste momento.

    @Mari: acredito que cada um tem uma missão na Terra, pela cura e pela restauração do equilíbrio natural. Mãos a obra!

    @António: esta re-postagem é apenas o começo de uma mudança muito positiva pelo qual o blogue Irradiando Luz irá passar.

    @João: visitei seu cantinho… muito interessante. Deixe um comentário com "open ID" e o link para o seu blog aparece automaticamente…

    AXÉ Irmandade!

    Gabi Dread

  8. Olá!

    Sim, a grande mudança começa mesmo por nós próprios, lá mesmo no fundinho. A eliminação do lixo interno, que andamos a carregar e a acumular há séculos, poderá ser um bom começo.

    Beijinhos de Amor e Luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assinar por email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações na sua caixa de entrada.

 

Irradiando Luz é sustentado por seus leitores

Doe Irradiando Luz
Ajude a manter o Irradiando Luz.

Com apenas R$ 1, você já pode apoiar o nosso portal a continuar existindo e espalhando boas notícias e dicas práticas sobre ecovilas e a transição pessoal e global.

Categorias

Arquivo do Blog