Curta Irradiando Luz no Facebook  Siga Irradiando Luz no Twitter  Acesse o canal do Irradiando Luz no YouTube  Assine o Feed RSS do Irradiando Luz

[Sustentabilidade] Buraco na camada de ozônio

A Camada de Ozônio (ou Ozonosfera) corresponde a uma faixa da alta atmosfera onde se concentra esse gás, envolvendo toda a Terra. O Ozônio, sem a presença do Cloro, age como um escudo contra as radiações UV. É um gás tão raro e tão precioso na alta atmosfera que se a ozonosfera fosse trazida para o nível do mar nas condições normais de temperatura e pressão, esta camada chegaria à espessura de apenas três milímetros. É este gás que nos protege de ter a nossa pele cauterizada pelas radiações Ultra-Violetas do Sol. A conseqüência imediata da exposição prolongada à radiação UV é a degeneração celular que ocasionará um câncer de pele nos seres humanos de pele clara. As pessoas de pele escura não estão livres desse câncer, a diferença é somente o tempo de exposição. Até o final da década de 1990, os casos de câncer de pele registrados devido ao buraco na camada de Ozônio tiveram um incremento de 1000% em relação à década de 1950. Esse buraco é uma falha na Camada de Ozônio, causada por outros gases sintéticos (como o CFC) que são lançados na atmosfera pelas atividades humanas e destroem o ozônio.O buraco na camada de ozônio tem implicações muito maiores do que o câncer de pele nos humanos. As moléculas orgânicas expostas à radiação UV têm alterações significativas e formam ligações químicas nocivas aos seres vivos. A radiação UV atinge em especial o fitoplâncton que habita a superfície dos oceanos e morre pela sua ação.

Esta postagem faz parte do Blog Action Day 2009
Dia de Ação dos Blogues 2009 – “Mudanças Climáticas”.

2 Responses to “[Sustentabilidade] Buraco na camada de ozônio”


    Erro › WordPress

    O site está passando por dificuldades técnicas.