Curta Irradiando Luz no Facebook  Siga Irradiando Luz no Twitter  Acesse o canal do Irradiando Luz no YouTube  Assine o Feed RSS do Irradiando Luz

A polarização e o risco da desumanização, por Daniel Bellissimo

Coxinhas e mortadelas se amandoSOMOS VERDE, AMARELO, AZUL, BRANCO, VERMELHO E TODAS AS DEMAIS CORES

Há infinitos tons de verde e amarelo, bem como de vermelho, no nosso Brasil.

A espiritualidade maior recomenda, nesse momento de polarização forte por parte de muitos, a cautela necessária para se estabelecer um olhar ampliado.

O RISCO DA DESUMANIZAÇÃO:

A desumanização de um grupo começa com sua estigmatização – “os petralhas”; “os comunistas”; “os esquerdopatas da universidade”; “os bandidos”; “os coxinhas”; “os bolsominions”; “os fascistas”.

Todos assistimos episódios na história de desumanização de grupos e conhecemos o risco de violência e exclusão provocado por ela.

RECORDEMOS: somos todos humanos e brasileiros.

Imperfeitos. Sonhadores. Em alguns momentos agressivos, em outros amorosos. Por vezes preconceituosos, por vezes tolerantes. Em algumas ocasiões concordamos, em muitas outras discordamos sobre quais caminhos seguir.

Pode ficar tudo bem mesmo assim: esse conflito não precisa ser destrutivo, pode se tornar construtivo.

Precisamos humanizar nosso olhar para gerarmos uma convivência mais harmônica.

EXEMPLOS:
A maior parte do MST é constituída por agricultores e agricultoras valorosos, que produzem comida orgânica para nossas casas e nossas escolas, onde antes eram terras improdutivas. Podem sim, existir alguns grupos mais radicais ou aproveitadores dentre os seus.

Há muitos petistas humanos, éticos e inteligentíssimos. Sabemos sim, que existiram aqueles que se corromperam.

A grandíssima maioria dos professores quer formar alunos críticos, que saibam formar suas opiniões com autonomia. Claro que há um ou outro que deseja doutriná-los.

Há muitos entusiastas do Bolsonaro amorosos e sonhadores com um país melhor para todos. Claro que também há aqueles que em boa parte do tempo são agressivos e preconceituosos.

Conhecemos vários empresários solidários, sustentáveis e respeitosos. Claro que existem os mais egoístas e exploradores.

E mesmo todos esses, que se perderam na maior parte de suas ações, paradoxalmente podem ter atitudes humanas e valorosas em alguns momentos, ou até mudar suas posturas diárias.

Que possamos aprender a conviver.

E que possamos aprender mais pelo amor, do que pela dor.

Que tenhamos a coragem de conhecer melhor o diferente, em suas várias nuances, para compreendê-lo.

Que possamos desenvolver a tolerância, para aceitar as visões e opiniões distintas das nossas e, quem sabe, aprender com elas.

Que possamos nos re-conhecer como humanos – imperfeitos, contraditórios, complexos e, ao mesmo tempo, maravilhosos.

E que possamos juntos lutar com muita resiliência e esperança contra quaisquer tentativas de aniquilar nossas diferenças.

Ninguém precisa ir embora do país e muito menos se calar.

Nem precisamos concordar o tempo todo.
Só precisamos aprender a conviver.

Isso é democracia e sim, ela está em jogo e não é de agora.

Não por conta de um presidente, mas por conta do nosso coletivo, que ainda não aprendeu a dialogar, negociar e conviver em meio às diferenças.

Texto: Daniel Bellissimo – Instituto Teroá
Foto: Gustavo Oliveira – Agência Democratize

Ter uma visão empática é essencial para que ecovilas, e organizações em geral, sejam capazes de fazer gestão de conflitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assinar por email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações na sua caixa de entrada.

 

Irradiando Luz é sustentado por seus leitores

Doe Irradiando Luz
Ajude a manter o Irradiando Luz.

Com apenas R$ 1, você já pode apoiar o nosso portal a continuar existindo e espalhando boas notícias e dicas práticas sobre ecovilas e a transição pessoal e global.

Artigos Recentes

12 Anos Irradiando Luz
Osho e centenas de seguidores
Caos Guia 002 COP24 e Bolsonaro
Caos Guia 001 Copa do Mundo da Sobrevivencia
Arte e Guerrilha
Festival Burning Man
Dia de Doar logo
Black Friday
Alberto Guerreiro Ramos capa A Nova Ciência das Organizações tomando chimarrão
Feriado e férias do trabalho são essenciais
Curso online Como morar numa Ecovila!
Aldeia Ecovila Coletivo de Famílias
Quero Morar numa Ecovila!
Gestao de Conflitos em Ecovilas
Mandato Coletivo da Bancada Ativista (PSOL) foi eleito deputado estadual em SP!
Ocupação Beatriz Nascimento do MTST Sergipe
Coxinhas e mortadelas se amando
MST Movimento Sem Terra
MST e a Reforma Agraria
Família Irradiando Luz
Êxodo! Webnário
Congresso Nacional e o Legislativo
Como votam os anarquistas
Curso Exodo Sao Paulo
Categorias

Arquivo do Blog

TEDx Genebra com Gabriel Siqueira

Let's include Conflicts in our plans! | Gabriel Siqueira | TEDxGeneva

Estar em um relacionamento significa que vamos vivenciar conflitos mais cedo ou mais tarde. Ao invés de negar, evitar ou tentar gerenciar os conflitos depois que eles aparecem, tensões podem ser parte do ecossistema de relações que construímos diariamente na nossa vida social e profissional. Assista o vídeo: Vamos incluir os conflitos nos nossos planos! TEDxGenebra | Gabriel 'Dread' Siqueira