Curta Irradiando Luz no Facebook  Siga Irradiando Luz no Twitter  Acesse o canal do Irradiando Luz no YouTube  Assine o Feed RSS do Irradiando Luz

Retiro de Carnaval: vida comunitária e ecovila

Retiro de Carnaval Vida comunitária e Ecovila

Participe do Retiro de Carnaval: Vida comunitária e Ecovila.

De 24 fevereiro a 1 de março de 2017.

No próximo Carnaval, estarei no centro holístico Pedra do Sabiá, junto do idealizador do projeto, Hugo de Rincquesen, compartilhando os aprendizados que tive com gestão de ecovilas e realizando vivências práticas para apoiar a criação de comunidades alternativas, cohousing e coletivos. Teremos compartilhamento de experiências vivenciadas por várias comunidades da região sul da Bahia.

Passeios na floresta, banhos nas águas da fazenda, cozinha vegetariana e saudável, práticas de yoga e QiGong, música e dança, meditação, chocolate caseiro… lembrando que a sustentabilidade começa por nós mesmos.

Vamos aprofundar nossas visões da vida comunitária e investigar os diferentes componentes da criação e da vida de uma ecovila (ecologia, organização e forma jurídica, relacionamento e governança, bio-construção, economia e renda, etc.).

Junte-se a nós!

Programação do Retiro de Carnaval

Chegada dia 24 à tarde e enceramento no almoço do dia 1 de março (consulte-nos se tiver interesse em antecipar ou prolongar a estadia).

Sugerimos um ritmo do dia com práticas diárias, encontros, passeios e celebrações e uma programação dinâmica preparada pela equipe da Pedra do Sabiá e integrando os talentos e propostas dos participantes; vamos explorar a arte de vivenciar plenamente seu momento pessoal e de se acordar com o grupo e as intenções coletivas.

O Ritmo do dia durante o Retiro de Carnaval

06:45 Pratica corporal, meditação
08:00 Café da manhã
9:00 Atividades Manhã
13:00 Almoço
15:00 Atividades Tarde
18:00 Meditação Contemplativa ao Por do Sol no deck
19:00 Jantar
20:00 Atividades Noite

O programa de atividades integra três componentes em cada dia do retiro:

PASSEIOS E CONEXÃO COM A NATUREZA

Passeios nas plantações de cacau, passeio na reserva de mata atlântica, visita do espaço do projeto de ecovila da Pedra, caiaque no Rio de Contas, uma praia para quem quer dar uma escapada…

ENCONTROS SOBRE A VIDA COMUNITÁRIA E ECOVILA

SÁBADO, um dia focado nas visões: apresentação de experiências e tipologias de ecovila e experiências comunitárias, visão inicial pelos idealizadores e iniciadores do projeto da Pedra, bate papo e compartilhamento de visões pessoais.

DOMINGO 26, um dia sobre as escolhas/princípios fundadores e fatores de sucesso para uma ecovila: formação do grupo, visão e prioridade para cada dimensão do projeto (escolha e estruturação do espaço, acordos de convivência, bio-construção, equilíbrio entre individual e coletivo).

SEGUNDA 27, um dia sobre o processo de construção: governança e tomada de decisão, jurídico, econômico e geração de renda, social e relação com entorno e compartilhamentos sobre experiências práticas na região. Experiência prática de governança e tomada de decisão.

TERÇA 28, um dia para aprofundar os temas de interesse dos participantes.

PRÁTICAS, OFICINAS , CELEBRAÇÕES

Yoga, QiGong, Meditações e rituais de conexão com a natureza, canto e dança, música nas cúpulas da Pedra, fogueira, sauna, oficina de fabricação de chocolate caseiro, outras oficinas e práticas propostas pelos participantes.

Quem vai conduzir o Retiro de Carnaval?

O evento será facilitado por Gabriel Siqueira (mestre em administração pela UFSC e especialista em gestão de ecovilas) e Hugo de Rincquesen (idealizador do projeto da Pedra do Sabiá) e com a participação de Nelson Vilaronga (membro do IPAH e do movimento Flower of Life), Luis Lobo (advogado), Naiara e Jorge (músicos), Léo (Yoga), Flavia (coaching) e contará com a participação de diversos projetos e realizações da região.

Investimento para participar do Retiro de Carnaval

Valores por pessoa, incluindo hospedagem, todas refeições e as atividades:
Bangalô R$750,
Apartamento R$650,
Quarto simples R$500,
Acampamento R$400.

Como garantir sua vaga no Retiro de Carnaval

A reserva estará confirmada após o pagamento da primeira parcela referente à 40% do valor.

A segunda parcela deve ser paga na chegada.

Quanto mais cedo se faz a reserva maior a possibilidade de escolha do quarto 😉
Não estão inclusos a chegada até a Pedra do Sabiá e as terapias individuais solicitadas pelo hóspede.

Como chegar na Pedra do Sabiá?

Vindo de Avião desde Ilhéus

O aeroporto mais próximo da Pedra do Sabiá fica em Ilhéus (IOS), 60 km do nosso espaço. Atualmente ele é servido por voos diários das companhias TAM, GOL, AZUL, TRIP e AVIANCA originários de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Vitória e Salvador. O aeroporto internacional mais perto é o de Salvador (SSA). Organizamos táxis do aeroporto de Ilhéus para a Pedra do Sabiá – valor R$160,00. Pedimos para nos contatar com antecedência caso necessite deste serviço mediante os seguintes meios:

Você pode também alugar um carro no aeroporto de Ilhéus.
Vindo de Avião desde o aeroporto internacional de Salvador

Vindo de Carro

Estamos a 60 km de Ilhéus e 220 km de Salvador (Ilha de Itaparica).
Para quem vem de Salvador, a melhor opção é pegar o ferry-boat para Bom Despacho, na ilha de Itaparica, e seguir até Itacaré pela rodovia BA-001. Ao chegar no trevo Camamu – Taboquinhas – Itacaré deve dobrar direita em direção Taboquinhas. No km 14, logo antes a escola Rosa dos Ventos, dobra a direita na estrada de chão e 3 km em frente chega na Pedra do Sabiá.
Para quem vem de Ilhéus, o acesso é direto pela BA-001, seguindo o litoral. Deve seguir em frente da entrada de Itacaré, para chegar no trevo Camamu – Taboquinhas. Dobra esquerda direção Taboquinhas.
Após +/- 5 km, entrar a direita logo antes da escola Rosa dos Ventos (que está a beira da estrada), onde tem uma placa Pedra do Sabiá. Andar mais 3 km dentro da fazenda (estrada de terra de fácil acesso), até chegar à margem do Rio de Contas.

Vindo de Ônibus

Ônibus das empresas Águia Branca e Cidade Sol operam de hora em hora entre o terminal do ferry-boat de Bom Despacho e Itacaré. O tempo de viagem é de aproximadamente 5 horas. Há também linhas de ônibus para Itacaré saindo de Ilhéus, Itabuna, Feira de Santana, Vitória da Conquista e Porto Seguro.
Os ônibus que operam entre Ilhéus e Itacaré são da companhia Rota (tel: +73 3251-2181). O primeiro sai às 7:00 da manhã. Depois, tem um ônibus toda hora até 19:40. A viagem dura no máximo 1 hora e 40 minutos.
Existem ônibus da rodoviária de Itacaré até Taboquinhas, passando pela entrada da fazenda. Descer em frente à Escola Rosa dos Ventos e caminhar 3Km dentro da fazenda.
Caso entre em contato, podemos buscá-lo na rodoviária de Itacaré.
Sejam bem vindos!

*Trazer lanterna, chapéu, roupa de banho, roupa de chuva, sapatos para andar na mata e repelente.

GOSTOU? ACOMPANHE O IRRADIANDO LUZ DE PERTO

Assine nossa newsletter e receba as atualizações do blog no seu email.

Com apenas um clique você irradia luz à sua caixa de entrada!

 

Saiba mais sobre Ecovilas, Comunidades Alternativas e Assentamentos Sustentáveis

Curso Online Gestão de Ecovilas

Quer criar uma ecovila? Sonha em empreender e fundar um cohousing urbano ou rural? Quer se voluntariar ou morar em uma comunidade alternativa? Esta é uma oportunidade de você se capacitar para conhecer e enfrentar desafios nesse caminho! Este curso é recomendado para pessoas interessadas em morar em ecovilas, comunidades intencionais, co-housing ou que desejam ou já encaram co-work e outros coletivos auto-gestionados. Também atende à demanda de empreendedores que querem inovar na sua forma de gestão. Continue lendo: Curso Online Gestão de Ecovilas

Mapeamento de Ecovilas e Comunidades Alternativas do Brasil

Ecovilas são assentamentos funcionalmente completos, onde as atividades humanas estão integradas ao mundo natural de forma sustentável, apoiando o desenvolvimento humano saudável e que tem continuidade futura assegurada. Durante minha pesquisa de mestrado sobre gestão de ecovilas, mapeei 101 comunidades alternativas e assentamentos sustentáveis do Brasil. Algumas regiões exercem maior atração para criação de comunidades, atuando como espécie de polos que congregam diversas comunidades alternativas, intencionais, sustentáveis e ecovilas. As comunidades apresentadas na listagem estão agrupadas de acordo com essas regiões aglutinadoras.Veja o mapa completo: Mapeamento de Ecovilas, Comunidades Alternativas e Assentamentos Sustentáveis do Brasil

Gestão de Ecovilas: Dissertação de Mestrado de Gabriel ‘Dread’ Siqueira

O que é uma ecovila? Como se administra uma ecovila? Qual a diferença entre uma ecovila e uma comunidade alternativa? Como acontece a gestão em uma comunidade intencional? Foram essas inquietações que me levaram a escolher a gestão de ecovilas como tema da minha dissertação de Mestrado em Administração pela UFSC, que concluí em julho de 2012. Para realizar minha pesquisa, fiz um mapeamento das ecovilas, comunidades intencionais sustentáveis e comunidades alternativas existentes no Brasil. Encontrei referência a pelo menos 100 comunidades ativas no país. Saiba mais: Gestão de Ecovilas: Dissertação de Mestrado de Gabriel ‘Dread’ Siqueira – Como é a administração de uma ecovila?

Série de 4 vídeos: Como morar numa ecovila [Vida em Comunidade]

Série de vídeos curtos, com cerca de 5 minutos cada.

TEDxGenebra de Gabriel ‘Dread’ Siqueira: Vamos incluir os conflitos nos nossos planos!

Em 2012, fui co-fundador de uma ecovila no sul da Bahia, onde vivi com minha esposa e dois filhos por 5 anos. Descobri que conflitos são parte da existência humana e desvendei diversos caminhos para relações mais saudáveis. Estar em um relacionamento significa que vamos vivenciar conflitos mais cedo ou mais tarde. Ao invés de negar, evitar ou tentar gerenciar os conflitos depois que eles aparecem, tensões podem ser parte do ecossistema de relações que construímos diariamente na nossa vida social e profissional. Assista o TED Talk: TEDxGenebra de Gabriel ‘Dread’ Siqueira: Vamos incluir os conflitos nos nossos planos!

Ecovila Aldeia Coletivo de Famílias – mini documentário de 2 anos de fundação

Este mini documentário foi realizado por Davi Boarato quando a comunidade aldeia tinha acabado de completar 2 anos de fundação. Foi lançado originalmente em março de 2014. Muita coisa mudou desde então, mas o registro mostra os desafios e os resultados da criação de uma comunidade intencional sustentável. Não é fácil criar uma ecovila, comunidade alternativa ou mesmo um cohousing. Mas é gratificante. Assista o vídeo: Comunidade Aldeia – 2 anos de fundação [mini documentário]

Banca da Graça: uma experiência de economia da dádiva e amor incondicional

Imagine que você está andando no centro de sua cidade. De repente, você se depara com uma banca cheia de CDs, DVDs, livros, utensílios diversos, brinquedos de criança, aparelhos celulares e até um computador. Instigado pela curiosidade, você resolve se aproximar e descobre que tudo isso está de graça. É só chegar e pegar! Esta é a proposta da Banca de Graça, uma iniciativa subversiva e revolucionária que você vai conhecer agora. Leia o artigo completo: Banca da Graça: uma experiência de economia da dádiva e amor incondicional

Consenso e a racionalidade substantiva, TCC de Gabriel ‘Dread’ Siqueira

Vivemos em uma democracia participativa (ou não), onde a vontade da maioria é entendida como antagônica à da minoria. Esta minoria fica assim excluída do processo decisório político. O conflito é punido e reprimido na democracia. O consenso é a superação da democracia excludente. O objetivo do consenso é convergir alternativas e possibilidades de atender a necessidades de diferentes grupos e setores sociais em soluções conciliatórias. O conflito é uma etapa necessária do processo de consenso. É neste contexto que elaborei meu Trabalho de Conclusão do Curso de Administração. Leia o artigo completo: Consenso e a racionalidade substantiva, trabalho de conclusão do curso de Gabriel ‘Dread’ Siqueira

Gestão horizontal e Inovação em Ecovilas: palestra de Gabriel Dread Siqueira na Campus Party

Maior evento de tecnologia do país, a Campus Party aconteceu pela primeira vez em Salvador de 9 a 13 de agosto de 2017 na Arena Fonte Nova. Mais de 40 mil pessoas passaram por lá. Gabriel Siqueira falou sobre o que Ecovilas e Startups tem em comum, como criar e administrar grupos e times sem hierarquia, e quais os principais desafios para inovar a gestão de organizações. A inspiração são as ecovilas, comunidades alternativas, cohousing e coworks que mapeou em sua pesquisa de mestrado em administração pela UFSC. Assista o vídeo com a palestra completa: Gestão horizontal e Inovação em Ecovilas: palestra de Gabriel ‘Dread’ Siqueira na Campus Party Bahia 2017

IPAH: Construindo a transição, laboratório de vida em comunidade

O Instituto de Pesquisas Ambientais e Humanidades (IPAH) é uma organização que apoia comunidades, coletivos, cohousing e ecovilas a serem mais efetivas em seu propósito. Trabalhando com uma equipe multidisciplinar, o IPAH tem promovido cursos, mutirões e está criando a Aldeia Turi, uma ecovila na Baía de Camamu, no sul da Bahia.

Nesse vídeo com a equipe do IPAH, eles apresentam o instituto, seu histórico, Áreas de Atuação, Estatuto, Princípios, coletivos e projetos apoiados. Falam também sobre a Aldeia Turi como exemplo de Transição, Incubadora de Projetos e criação de uma Vida Comunitária. Abordam também moedas solidárias e comunitárias, tecnologias Open Source e seus próximos passos. Debatemos também a derrocada do Capitalismo, novas tecnologias, blockchain e a transição para uma sociedade sustentável. Assista a entrevista completa: IPAH: Construindo a transição, laboratório de vida em comunidade [Gabriel Dread Entrevista]

Ecovilas Brasil: Entrevista com Rafael Togashi

A equipe do documentário Ecovilas Brasil visitou 10 lugares para entender quais aspectos e valores as Ecovilas estão trazendo para a humanidade e como estes podem colaborar para uma Mudança de Paradigma do nosso modelo civilizatório. O documentário aborda uma visão de sustentabilidade integral, em seu aspecto econômico, ecológico, social e visão de mundo. Passando por temas como permacultura, formas de governança, tomadas de decisões, liderança, economia compartilhada e resolução de conflitos. Assista a entrevista: Ecovilas Brasil: Entrevista com o diretor do documentário, Rafael Togashi

Ecovila Digital na Campus Party Brasil

A Ecovila Digital foi uma experiência de criação colaborativa de uma comunidade intencional sustentável com duração de uma semana, de 31 de Janeiro a 5 de fevereiro de 2017. Foi uma Zona Autônoma Temporária que aconteceu dentro da Campus Party Brasil, no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo. Introdução a Ecovilas, Comunidades e Cohousing. Círculo de Diálogo, Acordos, Tomada de Decisão e Governança. Economia Solidária e Banca de Graça. Assista o vídeo: Ecovila Digital na Campus Party Brasil

7 Regras Facultativas para uma Arte de Ser Feliz

Você é feliz? Felicidade é um estado de espírito ou um momento passageiro? É possível aprendermos a ser felizes como se isso fosse uma arte, ou uma habilidade?

A respiração profunda, consciente, varre a angústia, a desfaz. Respire profunda e lentamente: abrace o presente que passa; pare de carregar o passado e de se preocupar com o futuro. Leia todas as dicas: 7 Regras Facultativas para uma Arte de Ser Feliz

AXÉ da Ecovila na Bahia

No ano de 2009, pela primeira vez, cogitei largar tudo e ir morar em uma ecovila. Passei um mês vivendo em uma comunidade no sul da Bahia, junto com minha esposa, meus dois filhos, além de meus pais e meu irmão. Na volta dessa experiência, escrevi um depoimento emocionado, a primeira vez que abordei o tema de ecovilas aqui no site.

Não estamos pensando que lá é a “ecovila dos sonhos”, longe disso. Tem várias questões que nos “afligem”. Mas estamos encarando isso como mais uma etapa, mais um passo. O primeiro foi sair de Sampa, morar em Floripa… este é apenas mais um que pretendemos dar… melhorar a vida, ir desta para uma melhor. Evoluir… Leia mais: AXÉ da Ecovila na Bahia

Como criar uma comunidade alternativa? Fundação da Ecovila Aldeia

Artigo histórico, de 2011, anunciando o início da criação da Comunidade Aldeia: Coletivo de Famílias. Junto com mais duas famílias, criamos uma comunidade intencional onde vivemos por cinco anos. A fazenda, na margem do Rio de Contas em Itacaré, tem 33 hectares com plantação de cacau, pomares abundantes em frutas, uma grande área de pasto que já esta pronta para a construção da comunidade, alem de uns 15 he de mata virgem com nascentes e uma linda cachoeira! Leia mais: Como criar uma comunidade alternativa? Fundação da Ecovila Aldeia

Uma resposta para “Retiro de Carnaval: vida comunitária e ecovila”

  1. cecilia Caram disse:

    Helo!gostaria de conhecer mais sobre seu trabalho, e aguardo noticias.Obrigada,parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assinar por email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações na sua caixa de entrada.

 

Irradiando Luz é sustentado por seus leitores

Doe Irradiando Luz
Ajude a manter o Irradiando Luz.

Com apenas R$ 1, você já pode apoiar o nosso portal a continuar existindo e espalhando boas notícias e dicas práticas sobre ecovilas e a transição pessoal e global.

Categorias

Arquivo do Blog