Curta Irradiando Luz no Facebook  Siga Irradiando Luz no Twitter  Acesse o canal do Irradiando Luz no YouTube  Assine o Feed RSS do Irradiando Luz

Sem saída?

Leva menos de 2 minutos pra ler

Givanildo Silva deixou um novo comentário sobre a sua postagem “Empowerment: uma abordagem crítica“:
Já que tudo é pensado em termos de ‘mercado’ e, a alteração deste paradigma é praticamente impossível devido a profundidade de suas raízes e inexistência de alternativa, temos uma solução (determinística): deixar de sermos ingênuos e utilizar os meios disponíveis a nosso favor, se possível ficarmos ricos e cuidar das nossas crianças…

Postado por Givanildo Silva no blog Irradiando Luz em 23 de Junho de 2008 17:02
___________________________________________________________________

Caro Givanildo,

Discordo em gênero, número e grau.
Está nas nossas mãos mudar o presente paradigma.
Tenho certeza que muitos dos servos, na época do Feudalismo, também consideravam aquele paradigma impossível de ser mudado. A história provou que eles estavam errados.
O mesmo pode ser dito da atual situação. Grande parte dos teóricos de Ciência das Organizações resignam-se ou mesmo abraçam o paradigma funcionalista, apoiando assim a sociedade centrada no mercado.
Mas nem todos. Alberto Guerreiro Ramos foi um cientista que não se curvou ao mercado.
Em sua última obra, “A Nova ciência das Organizações: uma reconceituação da riqueza das nações”, ele propôs um novo paradima, o paradigma “paraeconômico”, em que o mercado teria sua atuação delimitada dentro de um sistema social muito mais amplo.
Infelizmente, Guerreiro Ramos falece apenas dois anos após a publicação desta obra, e não pôde levar a cabo tal empreendimento.
Mas seus escritos estão aí, e fazem coro a muitos outros estudiosos que também apontam na mesma direção:
A sociedade centrada no mercado é insustentável, e suas falhas puderam ser ignoradas durante muito tempo por conta dos benefícios trazidos por ela. Mas este tempo acabou.
O contexto atual tem mostrado que o modo como a produção é orientada já não traz os mesmos resultados, e uma revisão profunda em seus pilares já está em curso.
Isso se dá notadamente por uma série de fatores: a expansão do mercado atingiu um ponto de rendimentos decrescentes, em termos de bem-estar humano; a degradação da qualidade de vida; a poluição; o desperdício à exaustão dos limitados recursos do planeta; e no que tange à teoria das organizações, a incapacidade de oferecer diretrizes para a criação de espaços sociais em que os indivíduos possam participar de relações verdadeiramente autogratificantes.
Cabe a nós darmos continuidade a este processo…
Que tal juntar-se a nós?
Eu acredito que a existência humana é muito maior do que apenas “sobreviver” e tentar ganhar algum dinheiro. Você está conosco?

Com amor,
Gabriel Siqueira

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

3 Respostas para “Sem saída?”


  • MÁRCIO FERREIRA DE SOUZA / Responder

    Prezado Gabriel,

    Parabéns pelas postagens sobre Guerreiro Ramos, autor de uma obra autêntica da qual tenho grande admiração e respeito.


  • Gabriel Dread / Responder

    Obrigado Márcio!

    Dei uma olhada no seu blog e encontrei muitas informações interessantes sobre Guerreiro Ramos.
    Inclusive diversas fotos.
    Peço licensa para reproduzir alguns trechos e fotos de seu blog, sempre citando a fonte. É possível?

    Um abração
    Gabriel Siqueira


  • Pedro F. / Responder

    Sociedade centrada no mercado? O Brasil não é um mero fruto da expansão desse mercado? Não seria uma sociedade criada pelo mercado, que deve superada por completo, e não simplesmente "recentrada"?


Deixe uma resposta


Assinar por email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações na sua caixa de entrada.





Email:

Curso online

Curso Online Gestão de Ecovilas Gabriel

Participe do curso 100% online

Gestão de Ecovilas

Conheça desafios e habilidades para a viver em comunidades intencionais e cohousing

Recentes

Gestão Colaborativa Ecovilas Hangout
Como viver numa comunidade alternativa Hangout
Como fazer Transição morar em uma ecovila
Como voluntariar em ecovilas
Como encontrar uma ecovila
Por que morar numa ecovila
Let's include Conflicts in our plans! | Gabriel Siqueira | TEDxGeneva
Gabriel dread Siqueira Exodo Urbano Festival Path
Workshop Tecnologia e Cidadania
Aprendendo a Cooperar Ecovilas FICOO 2017
Pedra do Sabiá Bahia
Ecovila Digital Campus Party
Bob Marley sorrindo, feliz, e apontando para a câmera, quebrando a quarta parede.
Categorias

Arquivo do Blog