Curta Irradiando Luz no Facebook  Siga Irradiando Luz no Twitter  Acesse o canal do Irradiando Luz no YouTube  Assine o Feed RSS do Irradiando Luz

Inclusão Social em um Sistema Babilônico

Inclusão social é oferecer aos mais necessitados oportunidades de participarem da distribuição de renda do País, dentro de um sistema que beneficie a todos e não somente uma camada da sociedade.

Sou adepto  da sustentabilidade, da economia solidária, das agroflorestas, da ecologia profunda, do compartilhar incondicional, da compaixão, da vibração positiva, da I-rmandade, da ajuda mútua, da integração harmônica do homem com a natureza e dos homens entre si, da descoberta da vocação Divina presente em cada um, de agir no Aqui e Agora, da verdadeira transformação, da crítica não-afirmativa [aquela que não re-alimenta o sistema babilouco], da dedicAção, do amor incondicional, do encontro com Deus(a), da espiritualidade
Para saber mais sobre o que fiz e faço neste mundo em que vivemos, leia a postagem Minhas Atitudes.

No entanto, sem desmerecer a campanha da qual estou participando [pois sei das boas intenções], não posso me furtar a criticar o termo “inclusão social” e a definição do mesmo conforme oferecida pela enciclopédia livre e reproduzida na postagem da Ester, à luz do paradigma crítico da Teoria das Organizações.

Primeiro, o termo: “inclusão social”. Acho demagógico e meramente assistencialista. No século XVI, os colonizadores portugueses incluíram os nativos indígenas brasileiras no seus sistema mercantil e trouxeram o conceito de sociedade urbana… resultado no Brasil de hoje: miséria, degradação da cultura indígena, alcoolismo, a maior parte da população nativa foi erradicada… sorte dos que não foram incluídos nisso, e ainda hoje podem praticar seu modo de vida natural e sustentável, mantendo a visão de que somos parte da Terra e ela é parte de nós. Não sou eu que vou incluí-los nesta tragédia que é a sociedade em que vivemos, baseada no medo, no dinheiro, no lucro e na moral judaico-cristã. Prefiro eu ser incluído em outra sociedade…

Segundo, a definição: “oferecer aos mais necessitados”. Quem define isso? Quem vai taxar um I-rmão de necessitado? Necessitam do que? Tudo? Vamos taxar algumas pessoas [ou crianças, como é bem comum] de carentes? Quem vai carregar um fardo destes?

“Participarem da distribuição de renda do País dentro de um sistema que beneficie a todos e não somente uma camada da sociedade”. Que sistema é esse que eu não conheço? Será que não precisamos então criar este sistema, ao invés de “incluir” os “necessitados” em um sistema falido?

Este termo, inclusão social [e seu derivado, a inclusão digital], diz respeito justamente à inclusão de pessoas no mercado de trabalho. Mercado este que já está saturado, e que conta com um “exército reserva” lutando contra a fome para sobreviver. Incluir pessoas na luta pela sobrevivência, ao invés de permitir que as pessoas vivam.

Karl Polanyi, em sua obra “A Grande Transformação”, coloca que a criação do mercado de trabalho é um processo de transformação do trabalho e da mão-de-obra em mercadoria. Uma mercadoria fictícia, claro, mas ainda sim uma mercadoria. Durante a introdução deste sistema na Inglaterra no século XIX, constatou-se que a única maneira de obrigar as pessoas a trabalhares era criando outra mercadoria fictícia: a terra. E ao cercar a terra e impedir o camponês, ao nativo e ao índio de viver em sua comunidade de forma harmônica, como vinha fazendo há séculos, criou-se a única mtoivação possível para alguém se auto-condenar à triste inclusão social no mercado de trabalho: a ameaça da fome e o espectro da morte por inanição. Fica assim, sem saída!

Resumindo: alguém em sua plena consciência só se sujeitaria a trabalhar se ameaçado pela fome e pela pobreza. Esta é a louvada inclusão social… a criação da classe dos sofredores.

Para fechar esta reflexão, alguns insights de Robert Nesta Marley, OM, a respeito da questão proposta:

Babylon System

Letra e música: Bob Marley
Tradução livre: Gabriel Dread

Nós nos recusamos a ser
O que vocês querem que nós sejamos
Nós somos o que somos
Este é o jeito que as coisas vão acontecer

(Se você não sabe)

Vocês não podem nos educar
Para nenhuma igualdade de oportunidades
Estou falando de liberdade
Libertação das pessoas e liberdade

Nós estamos caminhando na prensa de vinho
Por tanto tempo
Temos que nos rebelar
Temos que nos rebelar agora
(Rebele-se!)

O Sistema Babilônico é o vampiro
Sugando as crianças dia após dia
O Sistema Babilônico é o vampiro
(Império em decadência)
Sugando o sangue dos sofredores
Construíndo Igrejas e Universidades
Enganando o povo continuamente
Graduando ladrões e assassinos
Cuidado: eles sugam o sangue dos sofredores

(10X)Diga às crianças a verdade

Porque nós estamos caminhando na prensa de vinho
Por tanto tempo
Temos que nos rebelar
Temos que nos rebelar agora
(Rebele-se!)

Desde o dia em que deixamos a terra de nosso Pai
Nós fomos massacrados
Nós fomos oprimidos

Nós sabemos de tudo
Temos que nos rebelar
Alguém deve pagar pelo nosso trabalho.

GOSTOU? ACOMPANHE O IRRADIANDO LUZ DE PERTO

Assine nossa newsletter e receba as atualizações do blog no seu email.

Com apenas um clique você irradia luz à sua caixa de entrada!

 

Saiba mais sobre Bob Marley, o reggae e a filosofia Rastafari

Bob Marley: vida, música e filosofia Rastafari [mini-documentário]

Bob Marley vida música e filosofia Rastafari mini documentario

Robert Nesta Marley, OM, ou Bob Marley, nasceu em 6 de Fevereiro de 1945. Em homenagem ao rei do Reggae, o IG produziu este mini documentário sobre a vida e o legado de Bob Marley. Em menos de 8 minutos, o mini-doc fala sobre a música Reggae e o modo de vida Rastafari. O documentário conta com a participação de Gabriel Dread Siqueira. Assista o documentário: Bob Marley: vida, música e filosofia Rastafari

Eu e Eu contra a Babilônia

Os conceitos de “Eu”, “Eu e Eu” e “Babilônia” são centrais para entender a filosofia Rastafari de Bob Marley. Nesse artigo, Pedro F. resume muito bem uma conversa que tivemos sobre a cultura jamaicana e as bases da fé rasta. Leia o artigo completo: Eu e Eu contra a Babilônia

Bob Marley joga um futebas na casa do Chico

Bob Marley joga futebol com Chico Buarque no Brasil

Esse artigo fala sobre a vinda de Bob Marley, o maior astro do terceiro mundo, para o Brasil, em 1980. Na ocasião, Bob não fez nenhum show, mas deixou alguns momentos marcados na história da música do nosso país, como a partida de futebol que jogou no campo do Polytheama, no Recreio, na Zona Oeste do Rio, de propriedade de Chico Buarque. Leia o artigo completo: Bob Marley joga futebol na casa de Chico Buarque

Outras visões sobre Inclusão Social:

1- Viva a Insanidade Psicodélica – Arraes
2- Brincando com a Rima – Mari Amorim
3 – Verseiro – Elcio
4 – Eu-Lírico – Eurico
5 – Café com Poesia – Mirian Mondon
6 – Abrindo a Gaveta – Rosemeri
7 – Além do bem e do mal – José Humberto
8 – Caixinha da Bonecas – Vanessa
9 – E agora, Maria – Maria
10 – Espartano – Mateus Araujo
11 – Entre Aspas – Lyani
12 – Avesso do Avesso do Avesso – Maria
13 – É o Menino-homem? – Abraão
14 – Meu Reino – Daniel Sávio
15 – Entre a loucura e Arte – Janaína Brum
16- Blog do Zisco – Zisco
17 – Jackeline – Simples assim – Jackie
18 – Meus Pensamentos – Márcia
19 – Poesia Crônica – José Brandão
20 – Inspirar-Poesia – Mai
21 – Tentativas Poemáticas – António Pais
22 – Dor e delícia de ser o que é – Dani
23 – A Barata
24 – Momento Escrito – Paulo
25 – Blog da Cristiane Marino – Cristiane
26 – Development – Hecton
27 – Florescer – Jacinta Dantas
28 – Poetrix
29 – Blog da Leonor
30 – Multiolhares – Lunna
31 – Triste mal e feio – Osvaldo
32 – O mar me encanta Completamente – Glória Salles
33 – Blog da Fernanda – Fernanda
34 – Palavras ao Vento – Silvana
35 – Jaque sou – Jaqueline
36 – Vou te contar – Sam
37 – Sonhos Amadores – Bianca
38 – Las tiritas del D. Ramirez – Ramirez
39 – Caravançarai – Nasrudin Hodja
40 – Blog do Chorik

41 – Momento Escrito – Paulo
42 – Doce de fel – Lobodomar
43 – Viver Melhor – Ceci
44 – Neurótico Autônomo – Fernando
45 – Mangapinto – Inácio
46 – Varal de idéias – Eduardo
47 – Das Ding – Pako Rakonti
48 – Nefelibyte – Pako Rakonti
49 – Admirável Mundo Novo – Lulu
50 – Querendo Saber – Luciana
51 – Vida Cotidiana – Ana Rosa
52 – Infinito Particular – Dalva
53 – Arco Iris da Vida – Cris Rosa
54 – Palavras de Osho – Osho
55 – Minhas Vidas – Avassaladora
56 – A Tres Passos – Samuel
57 – Menina de Óculos – Francielle
58 – Blog do Catarino – Catarino
59 – Escrevo Palavras e Choro Poemas – Katy
61 – Entre Linhas – Jamana
62 – Blog Vitor Kesyt – Vitor
63 – Viva com Esperança – Danillo
64 – Corpo Alma Espírito – Elizeu
65 – Borboletas no Estômago – Patty
66 – Blog do Beagle – Elza
67 – Mundo Gusta – Gusta Fernandes
68 – Metamorfesear – Irineu
69 – Crônicas e Textos – Ricardo Blauth
70 – Fio de Ariadne – Vanessa
71 – Inter dito – Rômulo
72 – SakuXeio – Neto
73 – Lúcida Face – Nathália
74 – Anjos sem Asas – Angel
75 – Blog da prof. Elaine – Elaine
76 – Incuse Girl – Mariá
77 – Doutor da Alma – João Jacob
79 – Fala Dela – Thaís
80 – Ufa! Bloguei – Suely
81 – Momentos – Marie
83 – Saia Justa – Georgia
84 – Entrando numa fria – Philip
85 – Um pouco de mim – Elaine
86 – Esculacho e simpatia – Marcos
87 – Anti-Verbal – James Pimentel
88 – Um mundo meio estranho – Raphael
89 – Etnias – Max
90 – Luz de Luma – Luma
91 – Vivências e Experiências – Gleidston
92 – O contrário é a mesma coisa – Fernando Zanforlin
93 – Juliu’s Pub – Julio Moraes
94 – Vivendo de Histórias – Marisa Pimenta
96 – Blog da Angela Guedes – Angela
97 – Carrossel da Aprendizagem – Michelle
99 – Blog da Sophie – Sophie
100 – Baú do Valetim – Fábio Valentim
101 – Blog do Juninho Holanda – Juninho
103 – Blog do Max João – Max
104 – A Moça do Sonho – Du
105 – Este Blog é minha rua – Franz Kreuther
106 – Recomeçar – Celo
107 – Crônicas do Cotidiano – Sabrina Jung
108 – Mar Re Volto – JC
109 – Blog Le Comte – Vlad
110 – Brisa do Sul – Regina Ramão
111 – Gule Anda – Luciano Santos
112 – Alfândega do Fim do Mundo – Joeldo
113 – 6vqcoisa – Tonho Oliveira
114 – Café da Madrugada – Lipp e Van
115 – Canteiros – Regina Coeli
116 – Mundo de Mulher – Angela
117 – Cotidiano – Montanha
118 – Irradiano Luz – Gabriel Dread
119 – Idéias no Liquidificador – 3 meninas
120 – Reflexões – James Emanuel
121 – Cleyde Prado Maia – Andrea
122- Kenia Blog – Kenia
123 – Sombreiro – Eduardo Santos
124 – Feche os olhos – Caá
125 – Lugar Secretto – Esaú Maia
126 – Blog do Ronald – Ronald
127 – Além de Mim – Dú Carmona
128 – Blog da Andressa Andressa
129 – Tempo de Viagem – Zé Maria
130 – Happiness Is No Mystery – Cecília Campello
131 – Adventícia Total! – Cá
132 – O último Blog – Eduardo P.L.
133 – Sobrelinhado – Valdeir Almeida
134 – Alfabetização Consciente – Ana Paula
135 – Jesus é a Esperança – Daniel Santos
136 – Eucaliptos na Janela – Solange Maia
137 – Orgulho de Ser – Nade
138 – Cotonete Vicia – Deyse Moura
139 – O Meu Cantinho – Susana Ferreira
140 – Introducing Joyce – Joyce
141 – Minha literatura agora – Leivão
142 – JJ Cabeleireiros – Alexandre Brendim
143 – Viraletras – Jô
144 – Visão da Razão – Zeca Selvagem
146 – Mentalmorphosically – Zisco
147 – Rosa Caída – Nely
148 – Cacos e Cacarecos – Fabiano Guaranho
149 – Beleza no Imperfeito – Liz
150 – Tals e tals e queis e tals – Flavita
151 – Umukosurã – Flávia Muniz
152 – Mundos e Peles – Mai
153 – Sentimento Padrão – Luan Fernando
154 – Entre Mãe e Filha – Nina
155 – Alma Poeta – Serena Flor
156 – Tocando a Vida Sobre Rodas – Evandro
157 – Sonhos e Melodias – Roseli Pedroso
158 – A Varanda – Letícia
159 – Blog da Saara Senna – Sara
161 – Blueberry Lover – Patrícia

162 – Despindo Estórias – Tailany Silva
163 – Miss Understand – Nina
164 – Destino Emagrecer – Anselmo
165 – Voltando a Viver – Andressa
166 – Blog da Crazy Angel – Crazy
167 – Coisas de Mulher – Kécia Fonseca
168 – Flor de Angico – Lucia Vieira
169 – Arteiro – Diler Martins
170 – Vivendo Intensamente – Cáh
171 – Sobrelinhando – Valdeir
172 – Inspiration – Anja
173 – Coração Pirata – Zani
174 – Sweet Girl – Mayana Carvalho
175 – Esquina da Sil – Silvana Isabel
176 – Re-Novidade – Everton Vidal
177 – Escola da Família Walter Negrelli – Ricardo
178 – Boa Baltazar! – Fátima Cristina
179 – Presente a Limpo – Felipe
180 – Bento-vai-pra-dentro – Luis Bento
181 – Blog da Ellen – Ellen
182 – Pele Sem Flor – Nilza
183 – Conflito de Confissões – Christi
184 – Essencialmente Palavras – Christi
185 – Figura220 – Railer
186 – De Onde Vem a Calma – Ana Paula Sampaio
187 – Morphopolis – Luxius
188 – O Envelhecimento Humano – Ana Patrícia Jorge
189 – X Fonte – Daniela Pires
190 – Nadica Demais – Gerly
191 – Comportamento Magro – Silvia Luciana
192 – Blog da Ana – Ana Montblue
193 – Lenço Encarnado – Clébio
194 – Blog BC – Isabel
195 – Biblioteca e Afins – Roseli Venancio
196 – Vou conseguir também – Camila Vila Nova
197 – Compondo o olhar – Ivani Pacini
198 – Blog Palavras – Catarino
199 – Notícias Mentirosas – Gabriel
200 – En-Cantos – Amigos e cia.
201- O Pássaro Impossível – Sônia Brandão

Postagem publicada originalmente no dia 9 de Março de 2009 como parte da Blogagem Coletiva – Inclusão Social, promovida pelo blogue Esterança. Uma proposta de debate a respeito de um tema bem popular nos últimos tempos. Re-publicada no dia 6 de Fevereiro de 2010 em homenagem ao nascimento de Bob Marley, que completaria nesta data 65 anos de vida.

11 Responses to “Inclusão Social em um Sistema Babilônico”


    Erro › WordPress

    O site está passando por dificuldades técnicas.